sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

girls


Lena Dunham, criadora, argumentista, produtora e protagonista de "Girls", agora na quarta temporada


Procuro que a minha inabalável fé nos mais novos, nas mais novas, para ser precisa, escape aos tentáculos peganhentos da inveja. Não queria ser mais nova, não, mas a minha admiração pelas novas raparigas não cessa de aumentar. Tenho 34 anos e na minha adolescência ainda se fazia o culto da virgindade. Os limites para se continuar a ser uma ‘boa rapariga’ eram tão ténues como implacáveis. Não é sofisticado, mas resulta: baralhar e confundir as raparigas sobre as barreiras da censura social para melhor as castigar quando as ultrapassam. Nada disso passou, mas há esperança. Na ficção televisiva, e nas raparigas que me rodeiam.  


Sem comentários:

Enviar um comentário